Menduina

Sou a rosa mais perfumada do meu jardim.

Textos


COMO UMA ONDA
 
Sigo o chamado do mar, me deixo encantar,
cada onda é um grito de poder em minh’alma
as ondas, cada uma um canto diferente
são acordes lamuriosos quando triste estou
a linguagem delas me acalmam;
me fazem aprofundar meu mergulho,
inspirada pelas ondas afoitas,
canto o amor em melodia de mestre,
alternam-se em nós o encanto sentido,
ah! como é lindo este canto que me alucina
encanta meus dias, trazendo alegria perene,
soberano este mar...tem sua rainha;
lá no infinito meu olhar mareja de paz,
melhor estas ondas batendo na praia
do que mil cantos sem maestro,
sem nenhum mapa sigo sem destino
apenas ouvindo o canto deste mar me chamando
o roteiro me alucina;
fascina meus dias sem paisagens,
só este chamando harmonioso
me dá a inspiração...
do reino encantado
do amor afinado.
   
 
Menduina
Enviado por Menduina em 11/03/2014


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras