Menduina

Sou a rosa mais perfumada do meu jardim.

Textos


 
O silêncio alucina a vida sem ti
o aroma do teu corpo está em mim,
até quando nosso amor resistirá?
a lua me acolhe com pena de mim
as estrelas cintilam quando te espero
meu peito acelera quando te tenho
amargo a dor da distancia,
os pássaros levam recados meus...
em revoada eles me acalentam..
vou gritar teu nome ao mundo
dizer dos amores que fazemos
os gritos na hora do gozo
magistral é amor!
o que nos alimenta é o sangue
que transborda em nós
de desejos um pelo outro.
 
 
Menduina
Enviado por Menduina em 21/12/2013
Alterado em 21/12/2013


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras