Menduina

Sou a rosa mais perfumada do meu jardim.

Textos


 Um dia conheci um amor...
majestoso, era meu vicio dia a dia
aprendi com ele as diferenças
trouxe à minha vida a vontade
de  querer sempre o que ele queria...
conheci a dor de amar sem ser amada
apenas um sonho sobrevoou meu peito
alimentei nossos encontros em magia
mal sabia que só queria brincar de amor
saciado dos teus desejos, ia-se...
 como amiga me tratavas
a devoção que eu sentia não era
de amigo, me sufocava apenas em vê-lo
além dos limites da razão
pra ele era tudo emoção momentânea;
brincar de amor! o tempo passou
entre outros olhares ancoras assim
sem amor...
era o fim de muitos encontros mágicos
que houve entre dois amantes
de momentos...
que agora restou uma faísca do fogo
passou, e tu refúgios de paixões perigosas
continuas vagando ao leu por ai.
                                            
                                                     http://www.menduina.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=4547773
Menduina
Enviado por Menduina em 29/10/2013
Alterado em 30/10/2013


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras