Menduina

Sou a rosa mais perfumada do meu jardim.

Áudios




 
Só em ouvir tua voz, de amor.
Deixa-me em êxtase, sem fôlego.
Meu sangue explode nas emoções
Sentidas como nunca tive, o teu
Calor nossas palavras de amor
Deixa-me sem razão,
No meu deleite, nos anseios.
Dos desejos em nós dois
Faz-me as pernas tremerem
Vou ao estremo dos meus
Desejos insaciáveis por ti
Cada dia me chego mais
Perto de ti amor, falamos
De beijos de anseios,
Dos desejos sem fim,
Meu coração anseia por ti
A qualquer hora, como não
Dizer te amo?
Amor cúmplice
Sem juízo, louco e lindo.
 
Poetisa Menduina
 

 

Enviado por Menduina em 22/11/2010




Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras