Menduina

Sou a rosa mais perfumada do meu jardim.

Textos


Pereço nas esquinas a tua procura
fecho os olhos com medo do que
posso ver de ti...
Sou mulher, quero te ter
apenas nós dois e nossos sonhos
às vezes entro em erupção por ti
pelas estreitas vielas ando...
tenho medo da escuridão...
a lua inerte me alucina de saudades
desatinada voo por aí
és o tempo do meu tempo
sem destino me apresso
sigo teus passos ligeiros
sou o sopro do vento à tua procura
e tu meu vício minha loucura
me perco na imensidão do mundo
em simetria nossas mentes juntas
neste amor sem mesuras
eternamente só nós.
############
Ando perdido na escuridão
procurando a sua terna luz
enquanto eu estiver na solidão
vou querer quem me conduz.
##########
Obrigada poeta Olavo pela linda interação, obrigada.
 
 
 
 
Menduina
Enviado por Menduina em 20/09/2019
Alterado em 26/09/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Francisca Menduina - Direitos Autorais Registro nº 48693 *). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras