Menduina

Sou a rosa mais perfumada do meu jardim.

Áudios

OLHANDO PELA VIDRAÇA!!! (COM ÁUDIO)
Data: 21/07/2010
Créditos:
.
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Francisca Menduina - Direitos Autorais Registro nº 48693 *). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



 
Do lado de dentro da janela, fiquei observando
Lá fora  meus olhos fitavam o que de
Mais lindo naquela hora! Os pássaros
Voavam livres como  nunca visto antes
Pensei no meu amor já tão distante
O que ele me diria naquela hora
               Me arrepiei, sim!
 
Me embriaguei ouvindo o barulho das águas
Do outro lado descendo, límpida, mais parecia
Um lindo sonho, era real!   Espetacular, adorável
Como nosso amor, há! O AMOR! Me   perco
Nessa imensa ternura, jamais sentida antes, calmo
Como o LUAR deixei me dominar naquele instante
                  Sabia que continuava a ti amar
 
A alegria já longe, forasteira voltou enfim, chorei
Um choro de amor: Da grande saudade  que sentia
Do nosso amor vivido antes, e sempre, mas sorri,
Continuei a olhar aquela paisagem que tanto
Amavámos e gostaria de está contigo andando
Contigo,  dançando a dança do amor que nos unia
                O amor  sempre permanecerá!
 
Olhei as árvores extáticas como a nos homenagearem
Linda vida, mesmo sem tua presença eu estava ali
Tudo agora é lindo e cor de rosa os espinhos não  me
Machucam mais, as pétalas de rosas fazem tapetes
Quando passo sei, são os anjos mandados por ti
                   Posso outro amor ter
           Mas nunca esquecerei nossos 40 anos vividos

 
       
       
      
   Poetisa Menduina




Enviado por Menduina em 21/07/2010

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Francisca Menduina - Direitos Autorais Registro nº 48693 *). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras